Aumentando a Imunidade – The Wim Hof Method

por Bill Kazmeier (pseudônimo), postado originalmente aqui.

[Imagem: 1200x630bb.jpg]

Wim Hof é um holandês conhecido como “The Iceman”. Ele tem diversos recordes no Guinness por resistência a temperaturas de frio extremo, tais como escalar montanhas de gelo, correr longas distâncias no circulo polar a -20ºC, ambos apenas de calção, além de outros recordes… O mais conhecido deles foi ter ficado 1:53h coberto de gelo até o pescoço dentro de uma caixa de vidro.

[Imagem: wim-hof-withstands-ice-bath-and-breaks-g...method.jpg]

Ele foi estudado por uma universidade da Holanda, e a princípio os pesquisadores acharam que ele tinha uma capacidade única e distinta dos outros humanos, mas com o tempo ele provou que é possível influenciar o sistema imunológico de qualquer pessoa que usar o método dele. Vários testes posteriores foram feitos, comparando os alunos de Hof e pessoas normais, e a diferença de imunidade e resistência foi gritante. Ja está comprovado cientificamente que esse método pode estimular em algumas poucas semanas grandes adaptações fisiológicas à pessoas normais, pessoas que devido a esse estilo de vida artificial e sintético, possuem um organismo fraco e cagado, e uma genética inferior.

[Imagem: mg-6586.jpg]

Então jovem gafanhoto, se você quiser ter algumas capacidades como se sentir mais forte, aumentar o foco, concentração e resiliência, ter uma imunidade mais alta, e baixar os níveis de stress, comece a praticar esse método e comece a sair da mediocridade contemporânea. 
Não vamos entrar em detalhes científicos sobre a oxigenação das células e alterações no sistema nervoso central e endócrino, vamos direto à prática.

Respiração

Muita respiração. O exercício respiratório consiste no seguinte:

1 – Fique na posição que achar mais conveniente, pode ser sentado, de pé, tanto faz. Comece aquecendo, respirando o mais fundo possível até sentir o ar empurrando o plexo solar, segure 2 segundos e exale todo ar até o fim, soltando o máximo possível. Repita isso 10-15 vezes.
Estando aquecido, é hora das power breaths. Inale profundamente todo ar pelo nariz e exale pela boca, faça isso de forma rápida e potente, indo até o final do curso de entrada e saída do ar. Faça num ritmo constante de 30 a 45 respirações ou até sentir o corpo cheio de oxigênio, tendo algumas “vertigens” ou “vendo luzes”. 

2 – Após ter feito o passo acima, respire mais uma vez, solte todo o ar e então prenda a respiração e segure o máximo que puder. O máximo que puder. Isso significa ir até o máximo possível, quando o corpo der quase aquele reflexo de engasgamento, de respirar ou desmaiar. É claro que não vai causar nenhum problema. É pra aprender a não ser uma mariquinha chorona que logo no primeiro desconfortinho que aparecer vai querer implorar pela mamãe, abandonar tudo e respirar. Aguente pasapalho. A questão aqui é aumentar a capacidade de oxigenação, bem como saber lidar mentalmente sem se desesperar quando parecer que “tá morrendo”. Resiliência é um bônus.

3 – Tendo completado o segundo passo recupere a respiração puxando o ar até a capacidade máxima e então segure a respiração por uns 15-20 segundos. Assim o primeiro round está completo. Nos primeiros dias faça apenas dois rounds seguidos. Após uma certa adaptação, vá aumentando o numero de rounds até 5 ou 6. Tambem pode ser feito várias vezes ao dia. Após ter completado os rounds, aprecie a sensação de mente limpa e tranquilidade.

Depois de um tempo é possível incluir pliométricos nas fase de segurar a respiração (2). Podem ser flexões explosivas, ou saltos em altura, agachando e impulsionando as pernas o máximo que puder. São movimentos que consomem muito oxigênio, e fazer isso sem ar tende a aumentar o VO2 max com o tempo.

Exposição ao frio

Banhos gelados

Exatamente, tomar banho frio aumentando progressivamente o tempo. Se você for uma moçoila choraminguenta que não suporta fisicamente e muito menos mentalmente uma aguinha fria (que nem ao menos é fria, é morna, fria seria perto de 0ºC), comece se adaptando depois do banho quente de princesa, se expondo à água fria por uns 30-45 segundos e vá aumentando o tempo. a partir daí comece tomar banho frio todos os dias, no minimo uma vez por dia. 
Sei que tem regiões do país que não faz frio então isso dificulta o trato. Mas no sudeste ou principalmente aqui no sul, as temperaturas favorecem nessas épocas, e la pelas 11 da noite ou mais, a água ja está numa temperatura boa, entre 3-5 ºC em alguns dias do ano, portanto os paspalhos daqui não tem desculpa, só vão continuar sendo frágeis se quiserem.
Banho frio é muito fácil, a água não atinge todos os sensores nervosos do corpo de uma vez só como acontece se submergir o corpo numa banheira com gelo. 
Mesmo assim, o intuito desses exercícios – além das adaptações físicas – é aprimorar a resistência/força mental, fazendo perceber que estamos separados da dor. Essas dores (que nem ao menos são dores, são só desconfortos mínimos) só nos afetam se nos identificarmos com elas, portanto a questão aqui é fortalecer a mente e o corpo.

[Imagem: Wim+Hof+01.jpg]

Adiciono uma outra dica aqui que é a hidratação, ou hiper hidratação. Esse padrão de dizer que 2l de água é o mínimo necessário pra uma pessoa é uma falácia muito escrota. Tudo depende do peso corporal e das atividades que desempenha. Mas pra uma qualidade de vida melhor, 3 ou 4l por dia ainda seria pouco pra um homem comum de uns 70-80kg. 
Eu peso 100kg e minha ingestão de água fica entre 12 a 15l por dia. É o suficiente pro meu organismo de acordo com os esforços físicos diários, tudo funciona melhor… É claro que não ingiro isso em grandes quantidades de uma unica vez, é cadenciado ao longo do dia. 
Vá aumentando gradativamente a dose diária de água e dê ao organismo uma estabilidade melhor.

Anúncios
Esse post foi publicado em Desenvolvimento pessoal, Saúde e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Aumentando a Imunidade – The Wim Hof Method

  1. Pingback: 3 Motivos pelos quais você deve tomar banhos gelados | Nuvem de giz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s