Breve comentário sobre o caso da Alezzia

por Daniel Castro

alezzia

Um resumo desse caso pode ser visto aqui (embora aparentemente o pessoal da empresa tenha provocado uma menina a fazer o tal ataque antes).

Eu não sei se a provocação ou o “contra-ataque” da empresa foram feitos de caso pensado, mas prevejo que a mesma lucrará bastante com o ocorrido. Simplesmente porque a grande maioria das pessoas protestando contra ela não iria comprar seus produtos de uma maneira ou outra. Por outro lado, a campanha de “ataque” atraiu a atenção de muitas pessoas antifeministas, por assim dizer, que da próxima vez que tiverem de comprar móveis lembrarão do caso. Quando se é antifrágil, realmente nenhuma publicidade é má.

Anúncios
Esse post foi publicado em Economia, Filosofia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s