Emil Zatopek – Um homem de fibra

“É nas fronteiras da dor e do sofrimento que os homens são separados dos meninos.”

Azoth Efesus

Eu iria escrever sobre ele, mas vários jornalistas mais talentosos já o fizeram. Tomem como motivação para a vida de vocês:

http://www.relatosderesistencia.com.br/2011/10/correr-emil-zatopek.html

E um antigo artigo da Veja:

Vencedor dos 10.000 metros, o checo Emil Zatopek
conquista os londrinos com sua simpática esquisitice
nas pistas e sua dedicação ao esporte fora dela

Estilo inusitado: quem via o checo correndo não acreditava que aquele era um grande campeão

Uns comparam sua forma de correr ao de um camelo ofegante. Outros, à jornada de um ébrio após longa madrugada. Para todos eles, Emil Zatopek tem a resposta na ponta da língua: “Isto não é ginástica ou patinação artística”. O homem – ou melhor, a Locomotiva Humana – tem razão. Dono de um estilo pouco convencional na pista, este checo de 25 anos comprovou a fama que lhe precedia e foi o senhor absoluto da prova dos 10.000 metros, logo na primeira final…

Ver o post original 492 mais palavras

Anúncios
Esse post foi publicado em Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s