5 livros excelentes para os tempos atuais

por Daniel Castro

20141120_184054

Abaixo vai uma lista de 5 livros, com resenhas curtas, sobre diversos assuntos que considero excelentes para o entendimento dos tempos atuais, todos eles com o poder de melhorar nossas vidas:

5. A Revolta de Atlas, de Ayn Rand

Um clássico e épico romance sobre capitalismo, estado e sobre a histeria coletiva que advém da mentalidade onipresente hoje em dia de querermos receber algo sem dar nada em troca.

Neste romance, Rand conta a história de um Estados Unidos cada vez mais fascista e socialista, onde a retórica da ajuda aos incapacitados e supostamente oprimidos e contra a concorrência injusta na economia serve para disfarçar um crescimento cada vez maior do governo. E este crescimento do governo é sustentado através dos personagens (como Dagny Taggart, da empresa ferroviária Taggart Trancontinental e Hank Rearden da Rearden Steel) que realmente contribuem para a produção e desenvolvimento do país. E, nada surpreendentemente, tais personagens se vêem cada vez mais sem incentivos para manter sua produção, enquanto os “chorões” tem cada vez mais incentivos para buscar apoio de uma leviatã cada vez maior.

Ou seja, Ayn Rand conta a história dos últimos 100 anos, e demonstra o processo que não só o Brasil, mas todo o mundo democrático está passando, e que ameaça destruir a civilização. Além disso, a autora russo-americana usa a história para explicar sua teoria do objetivismo, que propõe que o individualismo é fundamental para a civilização e o progresso. Concluindo, este é um livro fundamental para o entendimento dos tempos atuais, mesmo tendo sido escrito há 60 anos.

Duas citações favoritas:

As pessoas acham que um mentiroso vence sua vítima. O que eu aprendi é que a mentira é um ato de abdicação, porque a pessoa entrega sua realidade para a pessoa para a qual ela mente, fazendo desta a sua mestre, se condenando a fingir o tipo de realidade que a visão daquela pessoa requer ser fingida. E se a pessoa consegue seu objetivo imediato da mentira – o preço é a destruição daquilo a que o ganho deveria servir. O homem que mente ao mundo, é escravo do mundo dali por diante. (Hank Rearden).

Não há maneira de mandar em homens inocentes. O único poder que qualquer governo tem é o de punir criminosos. Bem, quando não existem criminosos suficientes, nós os criamos. Nós declaramos que tantas coisas serão crimes, que se torna impossível para os homens viverem sem quebrar leis. Quem quer uma nação de cidadãos obedientes à lei? A quem isso serviria? Mas passe o tipo de leis que não podem ser observadas nem fiscalizadas nem objetivamente interpretadas – e você cria uma nação de foras da lei – e então você lucra com essa culpa. Este é o sistema Sr. Rearden, este é o jogo, e uma vez que você o entenda, você será muito mais fácil de se lidar com. (Floyd Ferris)

4. O Poder do Hábito, de Charles Duhigg.

Você promete que esse ano vai ser diferente. Que entrará em dieta a sério. Que vai parar de beber ou vai começar a frequentar a academia. Que vai estudar para passar naquela prova com antecedência e não apenas em cima da hora. Mas após uma semana você volta a procrastinar, comer porcarias ou ficar sentado no sofá.

Porque?

Bem, este livro explica tudo isso. Por mais que pensemos que temos o controle sobre nossas ações, a verdade não é bem essa. Nosso cérebro usa mecanismos para poupar energia, repetindo automaticamente ações que você executou no passado, pois decidir cada ação é um processo desgastante. Nos casos em que a ação passada proporcionou uma satisfação imediata, o cérebro passa a querer executá-la sempre, mesmo que seja um comportamento destrutivo a longo prazo. E quando você tenta mudá-lo, o cérebro, sempre querendo economizar a preciosa energia, vai fazer de tudo para sabotá-lo.

O livro então explica como todos os hábitos são compostos de três partes (deixa, rotina e recompensa) , como eles são relacionados aos hábitos de pessoas, empresas e até mesmo sociedades. E explica por final, como podemos fazer para mudar tais hábitos, focando principalmente na rotina ( isto é, o hábito em si), porque a deixa e recompensa sempre existirão.

Este é um livro que eu já havia recomendado anteriormente, e cujas informações e conselhos certamente irão te ajudar a melhorar seus hábitos.

3. The Rational Male, de Rollo Tomassi

“E então eles viveram felizes para sempre”. Se eu ganhasse um real a cada vez que uma história terminasse assim, eu já teria comprado a Disney. E, se você abrir os olhos, você vai ver que toda a sociedade quer que você acredite em mitos de amor do tipo Disney, escondendo a real natureza das relações intersexuais sob uma cortina de fumaça.

E isto pode ser muito perigoso, porque a partir do momento em que você acredita no mito da alma gêmea ou coisas similares, você perde o controle sobre sua vida e felicidade, deixando elas dependerem de terceiros. E, deixar nossas vidas em mãos de terceiros não é exatamente uma boa ideia, independentemente de quem seja esse terceiro.

O livro de Rollo Tomassi vem explicar como a sexualidade (principalmente a feminina) realmente funciona, dando um conhecimento não só muito valioso, como também muito pouco difundido para esquecermos a ilusão do “felizes para sempre” ( e outras mais) e ganharmos poder sobre nossas (leia-se masculinas) vidas afetivas e sexuais. Por exemplo, Rollo propõe que homens “girem pratos” (plate spinning), significando manter relações, de diversos graus de intimidade, com diversas mulheres, para ter mais opções e não ficar refém da intimidade de uma mulher somente.

Entre esses e outros conceitos, The Rational Male é tão importante para o entendimento do ambiente sexual do século XXI, quanto A Revolta de Atlas é para a política, ou o próximo livro da lista para a saúde.

2. The Paleo Manifesto, de John Durant

Apesar de a palavra “Paleo” hoje em dia estar ligada à dieta paleolítica, este livro não é um livro somente sobre dieta. É um livro que aborda vários aspectos de como a tecnologia moderna torna nossas vidas artificiais e insalubres, e como fazer para recuperar nossa saúde, em vários aspectos. Enquanto eu já havia recomendado o livro Paleo Solution, este é ainda melhor. Não contém o humor fraco e repetitivo do Solution, enquanto que consegue relacionar diversas áreas do conhecimento, como antropologia e religião, ao tema da saúde.

O livro é dividido em três partes: Origens, Presente e Visões.

Na primeira, John Durant delineia os princípios da biologia humana, e a evolução de nosso meio ambiente ao longo do tempo, e como essa evolução modificou (para pior) nossa saúde. Em seguida, ele explica os temas sobre comida, jejuns, movimento, termorregulação e sono, como nossa vida artificial atrapalha estes temas, e o que podemos fazer para recuperar nossa saúde. A terceira e última seção é uma pequena previsão sobre o futuro, dando perspectivas sobre temas como questões ambientais e como alimentar bem um mundo com mais de 7 bilhões de pessoas.

Tudo isso é feito de maneira elegante, que prende o leitor ao livro e que segue uma estrutura lógica perfeita, mesmo quando relacionando temas aparentemente sem conexão ( como já citado, religião e saúde, por exemplo).

Em resumo, este é um livro essencial para a resgatarmos nossa saúde no mundo totalmente artificial do século XXI.

1. Flores para Algernon, de Daniel Keyes.

Flores para Algernon conta a história de Charlie Gordon, um homem com deficiência mental, mas que tem o forte desejo de ser tão inteligente quanto as pessoas ao seu redor. O protagonista sofreu com rejeições da mãe (tendo sido abandonado por ela), irmã, dos colegas de escola e dos colegas de trabalho (ele era faxineiro em uma padaria) devido à sua deficiência.

Acontece que um grupo de pesquisadores que trabalha aumentando a inteligência de ratos convida Charlie a fazer uma cirurgia cerebral que aumentaria sua inteligência também. O livro então relata, através de relatórios de progresso em primeira pessoa, a evolução de Charlie de um QI de 80 até ele se tornar um super-gênio com 170 de QI, e mostrando como suas dificuldades não acabam em nenhum momento, somente se tornam diferentes. E quando ele chega a ter esse super QI, ele descobre que o porque do ratinho Algernon, estar cada vez mais errático e nervoso nos testes de laboratório…

Durante todo o percurso, a história de Charlie é extremamente emocionante e verossímil. A cada momento do livro você vai se pegar imaginando que a história poderia ser real, e que ela aconteceria exatamente do jeito que Keyes a descreve.

Embora o livro seja descrito como infanto-juvenil, ele é um dos mais profundos livros que já li, altamente recomendado e extremamente superior a livros superestimados como Dom Quixote ou Senhor dos Anéis.

Anúncios
Esse post foi publicado em Desenvolvimento pessoal, Livros, Nutrição, Política, Saúde e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para 5 livros excelentes para os tempos atuais

  1. Pingback: Como se tornar uma máquina de ímpeto: Combine princípio psicológicos poderosos para melhorar a motivação, construir autoestima, e ser um vencedor | Nuvem de giz

  2. Pingback: Mais quatro livros excelentes, versão nutrição | Nuvem de giz

  3. Pingback: Como ser real em um mundo de falsos | Nuvem de giz

  4. Pingback: Como eu fiquei definido em 2 anos seguindo estes 13 princípios | Nuvem de giz

  5. Artigo interessante.Sempre tive duvidas sobre o assunto. Posso estar errado nos meus pensamentos, mas esse tipo de dieta me pareceu menos dura de ser seguida.

    • Daniel Castro disse:

      Bem, ela é uma dieta onde o principal é cortar açúcar e grãos. Como o açúcar vicia, isso pode ser um problema (eu mesmo tenho relaxado um pouco). Agora, o Paleo Manifesto fala sobre outras coisas importantes, como tomar sol, regulação térmica etc..

  6. Pingback: Pensamentos Aleatórios 4 | Nuvem de giz

  7. Pingback: O Navio de Teseu | Nuvem de giz

  8. Jose Henrique disse:

    Estou terminando de ler o Flores para Algernon.
    Fiquei conhecendo pela sua postagem (q li há bastante tempo, mas só tive oportunidade de pegar o livro por agora). Sensacional a história. Toda vez q eu preciso parar de ler dá vontade de continuar.

    Bem q podia atualizar a lista aí, hein!
    Abraço!

    • Daniel Castro disse:

      José Henrique,
      eu estava pensando em fazer umas resenhas mesmo, mas a maioria dos que pretendo fazer só estão disponíveis em inglês,até onde eu sei (Good Calories, Bad Calories, The Ghosts of Cannae, The World Until Yesterday).
      A próposito, achastes o Flores em qual idioma?

      Daniel.

      • Jose Henrique disse:

        Inglês. Li hj em algum lugar falando q não tinha tradução em português (não posso confirmar veracidade, mas n achei em nenhum lugar na net o livro em pt). O título “Flores para Algernon” só retorna resultados em espanhol no google. Nem artigo em português na wikipedia tem.

  9. Pingback: Como escrever seus objetivos para o ano novo | Nuvem de giz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s